Step 1: clean

Fresh n’ clean.

Depois de um fim de semana em Amsterdão e 10 dias no Japão ser recebida em Portugal com 25.º foi o melhor que me podia ter acontecido, mas a minha pele não partilha da mesma opinião. A poluição da cidade e o calor deixaram a minha pele a pedir socorro. Mas, felizmente, não foi só o sol que atendeu à minha festa de boas vindas. A Clinique fez-se representar, muito bem, por este blackhead solutions que me deixou os poros limpos, sem pontos negros e a pele pronta para outra. Mesmo a tempo de Mykonos…

After a weekend in Amsterdam and 10 days in Japan getting home to 25 degrees was the best thing that could have happened to me, but my skin doesn’t share the same opinion. The pollution of the city and the heat left my skin crying for help. Good thing is, it wasn’t just the sun that attended my welcome party. Clinique was represented very well by this blackhead solutions that left my pores clean, no more black spots and my skin ready for another adventure. And that’s when I started packing for Mykonos…

Standard

Para a minha mãe

Tender stories with Tous Jewelry.

Se eu tivesse sido bem sucedida na minha primeira escolha para a vida, esta história não teria a mesma piada.
Durante alguns anos da minha vida, todos os dias de manhã tinha direito a 15 minutos de viagem com uma vista assombrosa e os conselhos da minha mãe. Que maquilhava os olhos enquanto estava parada no trânsito (não experimentem isto ‘no carro!), contava as suas grandes vitórias em tribunal e os casos que quase a fizeram perder a fé nas pessoas. Bem, até aos meus 15 anos ela era prática, pragmática e invencível. A partir daqui, não sei bem porquê, talvez este lado tenha estado sempre lá, só não ao meu alcance. Mas ela tornou-se apaixonada, lutadora, incansável e permaneceu invencível.

Um dia, pouco antes das 8 da manhã, pouco antes uns minutos, talvez dois ou três. Porque a partir das oito era impossível passar na ponte. Ela disse-me, “ok! Podes ir para Hollywood. Achei que era uma fantasia de criança, mas com 18 anos acho que já tens idade para ter juízo.” Eu sei que não demonstrei, mas senti-me feliz, ansiosa, tive medo e senti-me gigante! Fazia 19 anos nesse ano, festejei os meus 20 anos em Las Vegas. Portanto o que aconteceu até então é fácil de perceber.
Bem, na verdade não ganhei nenhum Oscar como sonhei, acabei por tirar um curso de direito alguns anos depois (I guess the apple doesn’t fall far from the tree) e confesso que me senti perdida durante algum tempo. Mas o que me conectou com o mundo foi esta esperança que ela teve em mim, não só no momento em que decidiu proporcionar-me o sonho da minha vida, mas em todos os outros. Quando passados alguns anos me mostrou como a faculdade de direito da universidade de Coimbra era parecida com a Hogwarts do Harry Potter. Quando me disse, um dia, que eu era obstinada e isso era uma coisa que ela gostava em mim… Na verdade, estes anos todos, de uma forma ou de outra eu só estive a tentar uma coisa. Estar à altura de a suceder, de não desperdiçar esta herança que ela me deu. Quero dizer, a honestidade, a tolerância e a resiliência para encarar o mundo de cabeça erguida, aconteça o que acontecer.

De todas as vezes em que perdi as forças e achei que não era capaz ela tinha a resposta na ponta da língua “tirei um curso de direito e tive três filhos ao mesmo tempo, estudei para esse exame de obrigações na maternidade depois de te ter”. Bem, eu dava meia volta e ia resolver o problema.
Não sei o que é não poder pegar no telefone para lhe ligar em qualquer altura, em qualquer lugar do mundo. Foram tantas as vezes e espero que sejam muitas mais! Bem, como é óbvio, espero não ter de lhe ligar a dizer que não tenho dinheiro na conta, como tantas vezes aconteceu! Mas se há uma pergunta, há uma mãe com uma resposta! E a minha mãe, nunca foi de ficar calada, mesmo quando a resposta não é fácil ! 

Ser mãe parece-me um super poder por si só, mas se tiver de atribuir só um à minha mãe, é o poder de me conectar com o mundo. Qual é super poder da tua ?

Standard

Last night in Tokyo 

おやすみなさい

A maior parte das vezes o dress code era ténis e jeans, o mais confortável possível para poder desfrutar da cidade ao máximo. Mas na última noite os planos eram outros!

Voltámos ao hotel por volta das 18h para nos prepararmos para viver um momento Lost in Translation. Depois do banho tive um feliz encontro com este matte da Estée Lauder, Pure color Envy, Quiet Riot – Matte. Lá estava ele, por estrear. Guardado para esta noite, ainda que o seu propósito fosse desconhecido quando que o arrumei. Aquele meu debate com as cores de batom que me leva quase sempre a usar o mesmo… mas não naquela noite! Não em Tokyo!

O bar chama-se New York, o primeiro cocktail da lista é o homónimo, a vista é assombrosa e este foi o cenário usado para gravar o filme protagonizado por Scarlett Johansson e Bill Murray. Eu bebi o New York, e deixei um beijo Estée Lauder marcado no copo.

Most of the time the dress code was sneakers and jeans. Comfortable to enjoy the city. But last night the plans were different!

We returned to the hotel around 6:00 p.m. to get ready for a Lost in Translation moment. After shower I found this matte from Estée Lauder in my makeup bag, Pure color Envy, Quiet Riot – Matte. There it was, saved for tonight, although its purpose was unknown when I packed it. That thing I have with lipstick colors that almost always leads me to wear the same … but not that night! Not in Tokyo!

The bar is called New York, the first cocktail on the list has the same name, the view is terrific and this was the set of the movie starring Scarlett Johansson and Bill Murray, Lost in Translation. I had a New York, and left a Estee Lauder kiss over it.

Standard

Have a moisturized flight!

But first, skin care!

Estou prestes a embarcar numa nova aventura, mas antes de pôr o pé no avião há um ritual a cumprir! Esta aventura implica mais de 11 horas de voo. Além disso, chego ao destino de manhã, portanto o mais provável é que a minha pele só volte a descansar numa atmosfera normal dentro de 24 horas. O Moisture Surge da Clinique sempre foi o meu maior aliado no que toca a hidratação, mas neste caso é preciso mais! É aqui que o Moisture Surge 72-hour Auto-Replenishing entra em acção. Proporciona à pele 2x mais hidratação do que o Moisture Surge normal, mantendo-a hidratada durante 72 horas. Agora espero conseguir dar-lhe o descanso necessário e ter um voo tranquilo.

O cappuccino é para ter forças para chegar ao avião e o croissant são os hidratos necessários para não me encher de comida durante as 11 horas de voo, já que vou estar sentada durante muitas horas.

Daqui a nada já vos mostro nas stories qual é o destino final! Até Já,
Desejem-me uma viagem hidratada!


I’m about to start a new adventure, but before setting foot on the plane there’s a ritual I can’t skip! To get to this new adventure I need to be on a plane for 11 hours. Also, I arrive at the destination in the morning, so it’s most likely that my skin won’t get a good sleep in a normal atmosphere in the next 24 hours. Moisture Surge from Clinique has always been my greatest ally for hydration, but iI guess I need more now! This is where the Moisture Surge 72-hour Auto-Replenishing comes into play. It gives the skin 2x more hydration than the normal Moisture Surge, keeping it moisturized for 72 hours. I hope I get to rest on the plane and have a quiet flight.

The cappuccino is to have the strength to get to the plane and the croissant has just the right amount of carbs I need to not fill my body with food during the 11 hours flight, since I’ll be sitting down for so many hours.

Stay tuned to my insta-stories to find out what’s the final destination! Until then,
Wish me a moisturized flight!

Standard

Centenas de expressões, uma só pele.

Já vos mostrei a minha rotina de beleza com a nova gama, Hydra Végétal da Yves Rocher e já escrevi uma review sobre os produtos. Mas tenho uma última história para vos contar ainda mergulhada neste mar de hidratação. Durante o dia usamos diferentes expressões e experenciamos várias emoções. Claramente, eu tenho uma tendência para me exprimir em smirks. Ainda assim, cada emoção um novo smirk, uma só pele. Já agora, vou fazer uma pequena alteração ao título deste post: “Centenas de smirks, uma só pele.”

Time to press play!


I’ve already shown you my beauty routine with Hydra Végétal from Yves Rocher and wrote a review about it too. But I have one last story about this sea of hydration to tell you. During the day we make different face expressions and experience a bunch of emotions. Clearly, I have a tendency to express myself in smirks. Still, every emotion is a different smirk but we only got one skin.

Time to press play!

Standard

Le Parfum In White

by Elie Saab.

O cheiro é o de um vestido de noiva, de uma manhã de Primavera, ou o que ficou na túnica branca depois de um final de tarde algures em Tulum. É uma perfeita harmonia de histórias à altura de um brilhante costureiro. E o branco é a melhor forma de lhe fazer justiça, elegante e intemporal mas inesquecível. O elixir da Primavera, Le Perfum in white, de Elie Saab.


It’s the smell in the wedding dress, the perfume of a spring morning and the odor left in the white tunic I used in that late afternoon in Tulum. It’s the perfect harmony of stories created by an amazing designer. And white is the best way to represent it, elegant and timeless yet unforgettable. The Elixir of Spring, Le Perfum in white by Elie Saab.

Standard