Anita & The Movies Journal

The Hunger Games

IMG_4128.JPG
IMG_4131.JPG
IMG_4130.JPG

“May the odds be ever in your favor.”

IMG_4133.JPG
IMG_4134.JPG
IMG_4132.JPG

“Every revolution begins with a spark.”

IMG_4135.JPG
IMG_4137-0.JPG
IMG_4136-0.JPG

“If we burn, you burn with us!”

A primeira vez que ouvi falar sobre esta história foi pela voz de uma amiga, tinha acabado de ler o livro e recomendou-mo. Quando ela me falou de uma espécie de “show” onde as pessoas tinham que lutar pela sobrevivência, cuja vitória cabe ao único que consegue acabar o jogo vivo, estava longe de imaginar o filme que viria a ver mais tarde. De facto não é fácil desmontar a crítica à sociedade que se esconde atrás desta história, mas eu continuo agarrada à ideia que tive quando ouvi falar do livro.

Aquilo que as pessoas querem ver num reality show pode ser perverso, há algo nesta vontade de ver “sangue” que me faz associar isto ao prazer, que não devia ser prazer nenhum, de ver homens a lutar com leões em arenas, como faziam no Império Romano. No que ao Hunger Games diz respeito, tudo é um exagero, desde o jogo até às pestanas da personagem Effie e não me parece que o tema tenha sido escolhido por mero acaso. Vejo, de facto, uma caricatura hiper-hiperbolizada de um reality show.

Mas, dramaturgias à parte, os dois filmes não me deixaram respirar, não tirei os olhos do ecrã nem por um minuto e saí do cinema ainda inebriada pelo entretenimento do filme. Enganaram-me bem, ao mágico jeito de Hollywood, com a ótima interpretação de uma das atrizes do momento, Jennifer Lawrece, acreditei e vivi aquela história como se fosse minha.

Ontem foi a ante-estreia do novo filme, Hunger Games: Mockingjay – Part I. Hoje é a estreia, provavelmente alguns de vocês terão a oportunidade de ver o filme ainda hoje, eu, vou ter de esperar mais uns dias.


The first time I heard about this story was through this friend of mine that read the book and recommended it to me. When she told me about a kind of “show” where people had to fight for survival, and the one that ends the game alive is the one who wins, I Could never imagine the movie I came to see later on.
In fact it’s not easy to notice there’s a critique to society hidden behind this story, but I ‘am still clung to the idea that I had when I heard about the book.

In The Hunger Games everything is exaggerated, the game or Effie’s eyelashes and I don’t think the theme was chosen by chance. I think this is an exaggerated caricature of a reality show.

But no more dramaturgies, these two movies left me out of breath, I couldn’t take my eyes off the screen for a minute and left the theater intoxicated the by movie. They caught me in this magical Hollywood way, with the amazing performance of one of the actresses of the moment, Jennifer Lawrece, I believed and lived that story as my own.

So yesterday was the premiere of the new Hunger Games, Mockingjay – Part I, probably some of you have the opportunity to watch it today, unfortunately I’ll have to wait a few more days.

Movies:
The Hunger Games (2012) IMDB Rating 7.3
The Hunger Games: Catching Fire (2013) IMDB Rating 7.7
The Hunger Games: Mockingjay – Part I (2014) IMDB 7.6

(Clica no filme e vai ao IMDB para mais informações)
(Click on the movie and go to IMDB to get more information)

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s