Oh Algarve!







“The real voyage of discovery consists not in seeking new landscapes, but in having new eyes.”
-Marcel Proust

O Algarve tem o poder de nos fazer crer que as as obrigações hão-de aparecer feitas, o dinheiro há-de magicamente repor-se nas nossas contas e Setembro chegará por volta do Natal.
Sem saber bem porquê, torramos debaixo de 30º graus em cima de areia tão branca e plácida que nos transforma em croquetes em menos de cinco segundos. Damos mergulhos no mar quando já não aguentamos o calor do Algarvio Agosto para voltarmos a ferver ao sol imediatamente depois. Até que por volta das seis da tarde a praia torna-se suportável e agradável e vamos para debaixo da palhota ler um romance. Dois ou três capítulos depois arrumamos as coisas e rumamos à esplanada mais próxima à procura dos bichinhos que magicamente crescem dentro de conchas (Ameijoas) acompanhadas por um fresco Sauvignon Blanc.

Mas que tortura deliciosa este sol de Agosto e este mar de água morna! Já o disse e volto a dizer, não há nada como o Algarve. Por isso, mais uma vez, resolvi deixar-vos algumas dicas sobre este paraíso português.

Onde jantar: Pequeno Mundo, Salmora, Parrilla Natural, Wild fire (para os amantes de carne) Buzio (delicioso e despretencioso), Paixa e Pizzeria CasaVostra.
Petiscar: Tico Tico e Sardinha
Melhores Sobremesas Algarvias: Misto Algarvio e Torta de Alfarroba
Típico: Comer uma bola de berlim na praia
Dançar: No Seven Vilamoura

Tenho Vestido:
Camisa, bikini e sandálias: MO


Algarve has this power that makes us believe we have no obligations somehow money will magically replenish itself in our accounts and September will show up around Christmas time.

We burn under 30 degrees laying down on white and placide sand that turns us into croquettes in less than five seconds. We refresh ourselves in the sea when we can’t handle the heat of August in Algarve to return to boil in the sun immediately after. Until it’s 6pm and the beach finally becomes bearable and pleasant so we lay down under the shade to read a novel. Two or three chapters later we grab our things and head to the nearest beach terrace looking for those little things that magically grow in shells (Clams) and drink a fresh Sauvignon Blanc.

I have said it before but it’s never enough – there is no other place like the Algarve. And you aren’t doing it right if your summer itinerary doesn’t include this portuguese paradise. See a few tips bellow so if you’re planning a trip to Algarve you’ll know what to do:

Yummy dinner: Pequeno Mundo, Salmora, Parrilla Natural and Wild fire (for meat lovers) Buzio (delicious and unpretentious), Paixa and Pizzeria Casavostra.
Late afternoon snacks : Tico Tico and Sardinha
Best Algarvian Desserts: Misto Algarvio é Tarte de Alfarroba
Typical: Eat a Bola de Berlim on the beach
Club: Seven Vilamoura

I’m wearing:
Shirt, bikini & sandals: MO

Standard

One thought on “Oh Algarve!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s