I always wanted to be a little Parisian

“A story should have a beginning, a middle and an end, but not necessarily in that order”
– Caroline de Maigret, How to Be Parisian Wherever You Are: Love, Style, and Bad Habits

Há uma parte de mim que adorava ser parisiense. Comer um croissant folhado todas as manhãs e manter a elegância de quem não vê um bolo à frente há três meses. Beber um copo de vinho ao final da tarde num dia da semana e continuar francesa e elegante. Enfim, parece-me que as parisienses vivem um hedonismo comedido, e só mesmo em francês é que as palavras hedonismo e comedido podem estar na mesma frase.

Bem, o croissant e o vinho a meio da semana claramente não funcionam comigo (infelizmente!). Mas há uma coisa que eu faço que é muito francesa e não, não é chegar atrasada às festas (ainda que aconteça com alguma regularidade). Uso um perfume que se chama Mademoiselle, Mademoiselle Rochas. Haverá algum perfume mais francês? É charmoso, primaveril, hedonista e francês, muito francês! (Já disse que é francês?)

O chapéu de palha e os sapatos são para tornar este post o mais parisiense possível, mas na verdade, se vocês se tivessem cruzado comigo nas ruas da Foz Velha, na quinta-feira passada tinham ganho uma viagem até aos Champs-Élysées (Calma, isto não é nenhum passatempo e ninguém vai ganhar viagem nenhuma!). Isto porque eu estava a usar o Mademoiselle Rochas e não há nada mais parisiense do que um bom perfume francês!


There’s this part of me that always wanted to be Parisian. Have one of those french croissants every morning and keep the elegance of a girl that hasn’t seen a cake over the table in months. Drink a glass of wine by the end of the day on a weekday and don’t get to lose that French elegance. Anyway, it seems to me that Parisians live some kind of measured hedonism, and only in French can the words hedonism and measured be in the same sentence.

Well, croissants and wine in the middle of the week clearly won’t work for me (unfortunately!). But there’s one thing I do that is very French and no, it’s not arriving late tp parties (although it happens often). I use a perfume called Mademoiselle, Mademoiselle Rochas. Is there anything more French than a french perfume called Mademoiselle? It’s charming, fresh, hedonistic, smells like spring and French, very French! (Did I tell you it’s French?)

The hat and shoes are here to make this post look as Parisian as possible, but in fact, if you had come across me last thursday around the streets of Foz Velha, you could’ve won a trip to the Champs-Élysées (Well, wait! This is not a giveaway and no one is going to get a trip!). You’d go to Paris through the smell of Mademoiselle Rochas cause there’s no other transportation that will get you to France as fast as a good French perfume.

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s